Doadores de esperma anónimos e não anónimos

Na Cryos, temos à sua escolha doadores de esperma anónimos e não anónimos. A decisão entre utilizar um doador anónimo ou não anónimo é individual e pode ser afetada por preferências e crenças pessoais e pela legislação no país de tratamento.

Ao escolher o seu doador de esperma, uma das primeiras considerações a ter é entre escolher um doador anónimo ou um doador não anónimo. A decisão pode ser baseada em crenças éticas ou circunstâncias pessoais, mas também pode depender de restrições regulatórias no país de tratamento.

Doadores de esperma anónimos e não anónimos

Apesar de a doação de esperma ser efetuada há 30 anos, a questão sobre o anonimato ou o não anonimato do dador ainda é amplamente debatida em todo o mundo. Isto significa que, em alguns países, as pessoas estão autorizadas a utilizar tanto doadores anónimos como não anónimos e noutros países só é permitido utilizar uns ou outros.

Para assegurar que cumpre as regras, recomendamos que verifique os regulamentos no país de tratamento antes de escolher um doador. Normalmente, a sua clínica de fertilidade pode informá-la sobre os regulamentos atuais. Caso contrário, teremos muito gosto em que contacte o Serviço de Apoio ao Cliente da Cryos.

Nem os doadores anónimos nem os não anónimos terão quaisquer direitos parentais sobre os filhos nascidos e concordaram em não entrar em contacto com eles.

Doador anónimo

O doador fez a escolha de ser anónimo. Um doador anónimo não é contactável e, se escolher um doador anónimo, nunca receberá mais informações sobre ele além das que são divulgadas no seu perfil de doador. A Cryos nunca revelará a identidade do doador.

O doador fez a escolha de ser anónimo e concordou em não contactar os potenciais filhos nascidos. De igual modo, a cliente concorda, através dos Termos Contratuais, não tentar contactar o doador no futuro.

Porém, o esperma de doador contém ADN e, portanto, existe sempre o risco de os doadores, as clientes e os filhos poderem encontrar ou ser encontrados através de análise do ADN, o que pode comprometer a privacidade. 

Porquê escolher um doador anónimo?

Podem existir várias razões para escolher um doador anónimo. Talvez não queira saber demasiado sobre o doador, ou não deseje que os seus filhos o encontrem no futuro. Algumas famílias podem ver a doação de esperma como um meio para a concretização do sonho de constituir uma família e, portanto, não desejam que o doador tenha um papel na vida do filho no futuro. Outras pessoas apenas têm a opção de ter um doador não anónimo devido aos regulamentos no seu país. Independentemente do seu motivo, a decisão é pessoal e apenas a cliente sabe qual é a decisão certa para si.

Doador não anónimo

Um doador não anónimo é identificável e o filho terá a opção de receber informações sobre a identificação do doador quando crescer - na maioria dos países, quando atingir a idade de 18 anos. Mesmo que o doador tenha concordado em estar acessível para contacto, a Cryos não pode ser considerada responsável se ele mudar de ideias ou não estiver acessível no futuro.

Quando o filho atingir os 18 anos, ou quando atingir a idade aplicável no país, terá a possibilidade de receber informações sobre a identificação do doador, fornecidas pela Cryos, e pode subsequentemente decidir estabelecer contacto.

Para receber informações sobre o doador, o filho tem de conseguir documentar que o seu nascimento resultou de um tratamento com esperma de doador de um doador não anónimo específico da Cryos.

O doador, por outro lado, nunca receberá informações sobre si como cliente ou sobre o filho da cliente. Portanto, está completamente ao critério do filho se gostaria de tentar contactar o doador ou não.

Porquê escolher um doador não anónimo?

O motivo para escolher um doador de esperma não anónimo varia de pessoa para pessoa. Um dos motivos pode ser dar ao seu filho a oportunidade de decidir por si se pretende ou não encontrar o doador no futuro. 

Ao escolher um doador não anónimo, o filho tem a oportunidade de saber mais sobre o doador do que o que foi incluído no perfil do doador. 

Para algumas pessoas, é muito importante saber o máximo possível sobre o seu património genético. Nesses casos, escolher um doador não anónimo será uma grande ajuda para o filho. Outras pessoas podem nunca desejar contactar o doador, mas mesmo assim apreciam o facto de terem a possibilidade de o fazer.

A decisão do doador

Quando um doador começa a doar esperma na Cryos, ele escolhe se pretende ser um doador anónimo ou não anónimo. Uma vez que tenha tomado a sua decisão, será impossível alterá-la. 

O doador recebe informações detalhadas, para o ajudar a tomar a decisão. Também tem a possibilidade de discutir a sua escolha com os nossos Coordenadores de Dadores experientes, que o ajudarão a compreender na totalidade as implicações da escolha que faz.

É muito importante para a Cryos que cada doador compreenda e se sinta confortável com a sua decisão – pois terá implicações para ele e para os filhos resultantes da doação.