Um sonho tornado realidade

Tudo começou em Aarhus, Dinamarca, em 1981, quando o fundador da Cryos, Ole Schou, teve um sonho estranho sobre esperma congelado. Atualmente, Cryos é um banco internacional de óvulos e esperma reconhecido mundialmente e já ajudou milhares de pessoas a concretizarem os seus sonhos.

Enquanto empresa internacional, a Cryos fornece óvulos e esperma congelado de doador a mais de 100 países a nível mundial. Temos a maior seleção de doadores anónimos e não anónimos do mundo. Temos muito orgulho em dizer que somos responsáveis pelo maior número de gravidezes registadas em todo o mundo.

Desde o início que a empresa se especializou na criopreservação de esperma. Nos últimos 10–15 anos, houve uma grande evolução na tecnologia de vitrificação do oócito (óvulo). Acompanhando esta evolução, a Cryos expandiu a sua área de domínio para o mercado de doação de óvulos.

Em 2015, a Cryos estabeleceu o primeiro banco de óvulos congelados completamente independente nos Estados Unidos. Agora é com orgulho que abrimos o nosso primeiro banco de óvulos na Europa. A nossa visão mantém-se: ajudar aqueles que não podem ter filhos a tornarem os seus sonhos realidade.

Para além dos avanços na investigação e desenvolvimento, o sucesso internacional da Cryos também se deve às pessoas – as que trabalham na Cryos, os nossos generosos doadores de esperma e de óvulos e, claro, todas as pessoas que confiaram em nós e que são agora pais orgulhosos de crianças felizes e saudáveis.

Ole Schou conta a história de como a Cryos começou:

Ole Schou, founder of Cryos

"Não sei porque é que sonhei com isto em 1981. Por alguma razão, assim que acordei soube que tinha de saber tudo o que fosse possível sobre a congelação de esperma. Tornou-se uma obsessão. Li todos os livros e dissertações existentes sobre este assunto. Mal eu sabia que, de repente, tinha acabado de me tornar num dos melhores especialistas da área sem sequer ter tido formação em ciências naturais. 

Felizmente, pude juntar os meus conhecimentos sobre a congelação de esperma à pós-graduação em Empresas e Administração e, aos poucos, consegui estabelecer uma atividade comercial de sucesso. Utilizando o meu conhecimento sobre o processo de congelar e armazenar esperma humano, comecei a colaborar com médicos e clínicas que ficaram extremamente satisfeitos com o meu trabalho e com o produto. O negócio teve muito sucesso. No início, o meu escritório e laboratório foram utilizados apenas para armazenamento de esperma congelado. Em 1990, criou-se um programa de doadores, e a procura internacional aumentou rapidamente.

Mais tarde, começámos também a especializar-nos na tecnologia de vitrificação do óvulo. Isto significa que conseguimos ajudar ainda mais pessoas em todo o mundo a serem pais."